Trabalhe no exterior em troca de hospedagem

 Uma delas são opções de voluntariado ao redor do mundo.

Adquirir experiência em hostels, fazendas ou embarcações, ajudar ao próximo ou defender uma causa e, de quebra, muitas vezes receber algum auxílio com acomodação e refeições?

Tipos de vagas:

  • Trabalho em Hostels e Afins: procuram-se pessoas dispostas a trabalhar em posições que vão desde serviços gerais a cozinha, recepção, reservas. Um exemplo atual é o Worldpackers, no qual se encontram ofertas de trabalho (normalmente meio turno) em troca de acomodação (muitos incluindo também algumas refeições e passeios).
  • Fazendas Orgânicas: trabalho em plantio, colheita, manutenção geral, cuidado de animais, cozinha, construção. Amantes da permacultura podem tornar-se Woofers.
  • Assistência a comunidades carentes ou desfavorecidos:  alguns sites como o Volunteer South America oferecem vagas para quem quer voluntariar independente de agências. Note que estes grupos normalmente têm poucas condições de se manter e sobrevivem de doações. Nestes casos, talvez você tenha que pagar alguma taxa por alojamento ou mesmo ter que buscar acomodação por conta própria. Acreditamos que ainda assim em muitos casos os seus gastos possam ser minimizados com a ajuda destas entidades.
  • Ensinar uma língua ou outras habilidades a uma família anfitriã: como é o caso no My Family Abroad, com forte presença em países como a Espanha – a demanda é principalmente por língua inglesa.
  • Cuidar de animais e casas particulares: você se prontifica a cuidar da casa de famílias que saem de férias, regando plantas, cuidando da limpeza, alimentando os animais, cuidando da corrêspondência. Membros pagam uma anuidade (é o caso do Mind my House), ou mensalidade (Trusted House Sitters) mas antes de se comprometer você pode pesquisar no site e ver se há boa disponibilidade de vagas na região de seu interesse.
  • Crew voluntária de iates e embarcações: é possível candidatar-se a vagas voluntárias para cruzar os oceanos em sites como o Find a Crew. Em alguns casos as despesas de viagem são divididas, havendo também vagas onde seu trabalho é o pagamento por acomodação e refeições. É possível fazer buscas por vagas com ou sem experiência,pagas ou não, de acordo com seu perfil.

Dicas importantes: 

  • Verifique se seu visto permite atividades voluntárias

visto de estudante para a Austrália, por exemplo, permite que o visitante realize atividades voluntárias, contanto que observe algumas regras:

Trabalho não remunerado/voluntário pode ser realizado além do limite de 40 horas quinzenais se:

  • For de benefício para a comunidade
  • For para uma organização sem fins lucrativos
  • Não for em uma atividade normalmente considerada remunerada, fosse ela realizada por um residente australiano (ou seja, é uma posição já designada como voluntária)
  • For verdadeiramente voluntária (ou seja, não há nenhum tipo de remuneração em dinheiro ou espécie – fornecimento ao voluntário de  acomodação ou casa e comida é permitido).

 

  • Leis de imigração,  documentos necessários para sua viagem, vacinas, seguro viagem e demais precauções são por sua conta. O fato de um anfitrião ter te aceitado não significa que ele saiba que você está legalmente apto a realizar o trabalho.
  • As despesas com deslocamento até o local de trabalho são por sua conta. É importante verificar a localização exata e pesquisar se há transporte disponível no seu horário de chegada. Não raro, mesmo o endereço oficial sendo uma cidade conhecida, o estabelecimento encontra-se na zona rural, por exemplo.
  • Alguns sites cobram uma taxa (normalmente válida por 2 anos) para que você se cadastre e possa contatar diretamente anfitriões; é o caso do conhecido Helpx. O bom é que só se paga esta taxa quando se deseja ter acesso aos detalhes de contato, portanto pode-se primeiro verificar se há vagas de seu interesse.
  • Leia tudo sobre voluntariado, utilize os guias oferecidos na maioria destes sites (como este guia do Worldpackers)  e escolha um site/anfitrião de acordo com suas motivações e gosto pessoal.
  • Esclareça de antemão as horas que seu anfitrião espera que você trabalhe e o tempo mínimo de estadia. Não há um padrão, apenas um acordo comum previamente estabelecido entre as partes. Alguns exigem um mínimo de estadia de uma semana, enquanto outros necessitam de um comprometimento de 6 meses ou mais. Quanto ao trabalho, as horas diárias variam normalmente entre 2 horas a turno integral.
  • Verifique se o host é compatível com suas necessidades, por exemplo em reação a localização, poder ou não utilizar internet, lavanderia, etc. Converse bastante e tire todas estas dúvidas antes de comprometer-se.
  • Seja sincero sobre suas experiências e como pode ajudar. As vagas normalmente consistem em utilizar as potencialidades do voluntário, seja dando algum tipo de aula, auxiliando em construção, manutenção, plantio ou até criação de sites e mídia social. É importante candidatar-se para áreas onde você realmente poderá ser útil.
  • Lembre-se que voluntariado não é holiday ou acomodação gratuita. Respeite seu expediente como qualquer outro trabalho e sempre mantenha a comunicação honesta com a chefia sobre qualquer descontentamento.
  • Nem todos os anfitriões têm condições de oferecer acomodação ou qualquer vantagem gratuitamente. Alguns cobram também uma taxa de colaboração com refeições. Trate tudo isso antes de sua chegada.
  • Estes programas são todos independentes e qualquer situação negativa deverá ser resolvida diretamente pelas partes. Se você prefere ter assistência 24 horas, além dos serviços de um profissional que poderá te ajudar a selecionar um programa de voluntariado, procure uma agência de intercâmbio de sua confiança.

 Conheça aqui alguns sites para busca de oportunidades de trabalho voluntário. As vantagens para o voluntário vão desde uma cama para dormir até a inclusão de algumas refeições e passeios. Crie seu perfil em um ou mais dos sites abaixo e converse diretamente com os anfitriões para entender todas as condições.

Hostels, Fazendas e Entidades Assistenciais:

http://www.helpx.net

http://www.workaway.info/

http://www.volunteersbase.com/

http://www.volunteersouthamerica.net/

https://www.helpstay.com

http://www.freevolunteering.net/

http://grassrootsvolunteering.org/

http://www.independentvolunteer.org/

Fazendas de Permacultura:

http://www.wwoof.net/

Hostels ou Casas Particulares:

http://www.worldpackers.com/

Ensino de Inglês para Famílias:

http://myfamilyabroad.com/

House/Pet Sitter:

https://www.mindmyhouse.com

https://www.trustedhousesitters.com

Embarcações:

http://www.findacrew.net/

http://www.crewseekers.net/

 

 

Fonte:Trabalharnoexterior

Comentários ( 0 )

    Deixe um comentário:

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *