Categoria: Viagem Funcional

Limpeza Orgânica e Desintoxicação

respiracao_10241-1

 

Aqui está o artigo completo das técnicas de limpeza orgânica e o passo a passo de como fazemos.Esta ultima fiz com a @julianedias.

No site  www.julianedias.com.br explica direitinho como você pode fazer e eu compartilho aqui para vocês.

Se quiser fazer durante suas viagens e tiver dificuldade mande um email para nós e peça sugestões. Eu já fiz muitas vezes viajando e divido também no post algumas técnicas, abaixo no post fala o que você pode comer.

 

 

 

De pouco tempo pra cá passei a ouvir muito a palavra detox. Muita gente passou a aderir esta moda como uma ferramenta rápida para desintoxicar o corpo depois de um período de alimentação pesada ou fora da rotina (viagens, finais de ano com a família, etc).

O que a maioria das pessoas ainda não sabe é que o detox nada mais é do que uma pequena parte do Bhúta Shuddhi, uma prática de purificação intensiva que existe há mais de 5000 anos e é praticada por professores e alunos de Yôga mundo a fora. E que, além de gerar uma limpeza através da alimentação, o bhúta shuddhi também trabalha a purificação das emoções e dos canais por onde a energia circula em nosso corpo através de técnicas respiratórias, mantras, kriyás, uma rígida seleção alimentar e jejuns regulares. Isso significa que o Bhúta shuddhi desintoxica não apenas o corpo físico, mas também o emocional e o energético.

COMO FUNCIONA O BHÚTA SHUDDHI

 É uma prática de purificação intensiva que realizamos por um período determinado (cerca de 10 a 20 dias) em que observamos uma alimentação mais seletiva, práticas mais intensas e cuidado com as emoções.

Vou iniciar hoje o meu primeiro bhúta shuddhi do ano junto com a @juli_anedias  Durante 10 dias não iremos ingerir nenhum alimento industrializado, sal, açúcar, café ou refinados e intercalaremos períodos de jejum ao longo destes dias. Apenas frutas, castanhas, legumes, grãos (cozidos sem sal), frutas secas, chás, muita água e alimentos naturais estarão em nossa dieta. Ao longo deste período, intensificaremos nossas práticas e cuidaremos para que emoções pesadas não tenham vez.

Esta prática, pra mim, será muito mais de autossuperação do que desintoxicação. Porque mudar hábitos, mesmo que por um período determinado, nem sempre é fácil.

Para praticar o bhúta shuddhi é importante que você  intensifique suas práticas neste período trabalhando muito pránáyáma (técnicas respiratórias), kriyá (principalmente as contrações abdominais), ásanas (técnicas corporais) e meditação.

Todas as refeições deverão ser isentas de sal, açúcar, industrializados, alimentos de origem animal (carnes, ovos e laticínios) e à base de cafeína (café e chá mate).

Aproveite este período para treinar a meditação diariamente. Quando começamos a desintoxicar o corpo, ele se desenvolve tão bem, se torna tão sensível que o nosso nível de concentração aumenta consideravelmente.

E lembre-se: de nada adianta desintoxicar o corpo físico se as emoções continuarem pesadas. Então limpe e desintoxique também as suas emoções. Observe mais os seus pensamentos e sentimentos e torne os seus dias mais leves.

 

O QUE É PRECISO FAZER

Em primeiro lugar você precisa decidir o dia em que irá iniciar o seu bhúta shuddhi e se preparar para ele. Também, determinar o tempo que irá praticá-lo (sim, é uma prática). Sugiro que você comece fazendo 7 ou 10 dias de bhúta shuddhi, pra começar. Se sentir que é confortável, nas próximas vezes que você o fizer, poderá aumentar o tempo.

Decidido o dia em que você irá iniciar a prática, procure comer de forma frugal nos dias que a antecedem para que o seu corpo vá se preparando para a desintoxicação. Depois, vá ao mercado, à feira e a lojas de produtos naturais e compre castanhas, frutas secas, frutas frescas e alimentos que sejam permitidos comer nesse período para que você as tenha sempre em mãos.

Para aqueles que costumam tomar café o dia inteiro, é imprescindível que vá diminuindo a quantidade da ingestão ao longo de toda a semana que anteceder a prática. Se não fizer isso, provavelmente não conseguirá fazer o bhúta shuddhi por mais de três dias.

É muito natural que, nos primeiros dias, você sinta tontura, dores de cabeça ou irritabilidade, sinais característicos da desintoxicação. E não use isso como justificativa para desistir. Coloque em prática a sua autossuperação e vá até o fim.

Outro fator importante é que você mantenha sua rotina normal durante este período. É muito mais fácil manter a disciplina na prática e na alimentação quando estamos ocupados com os nossos afazeres diários.

E determine horários para as suas práticas e não deixe de fazê-la ao longo deste período. Lembre-se de que o bhúta shuddhi é uma purificação alimentar, emocional e energética e a prática é a melhor ferramenta para intensificar esta purificação.

 

O QUE COMER

– Frutas

– Verduras

– Legumes

– Leguminosas

– Arroz integral

– Cogumelos

– Azeite de oliva

– Aveia

– Quinoa

– Muita água mineral

– Sucos naturais

– Mel

– Melado de cana

– Castanhas

– Frutas secas

 

O QUE EU GERALMENTE COMO NESTE PERÍODO

– Arroz integral com coco ralado (eu mesma ralo o coco seco fresco) sem sal (as vezes adiciono curry ou páprica)

– Feijão sem sal cozido com batata, couve e cenoura

– Legumes gratinados ao curry

– Creme de brócolis – sem sal (Receita aqui no blog)

– Creme de couve-flor – sem sal (Receita aqui no blog)

– Salada de frutas com castanhas e linhaça

– Barrinha de castanhas e frutas secas (Receita aqui no blog)

– Muita salada fresca

– Suco natural

– Vitamina de abacate com banana (batida com água e mel)

– Açaí (polpa natural sem xarope de glicose) batido com banana e mel

– Granola natural sem açúcar

– Biscoito de arroz integral

– Patê de castanhas do Pará e mel (É só bater num liquidificador ou processador as castanhas com o mel até que as castanhas fiquem bem trituradas)

– Sorvete caseiro com frutas congeladas, mel e leite vegetal